Beladonna - Página inicial
Meus pedidos Carrinho de compras Finalizar pedido Entrar em contato
Telefone Envie sua receita
Home Empresa Como comprar Formas de pagamento Trocas e devoluções Notas de privacidade
Nome:

E-mail:

O que você procura?



[ Ver resultados ]

Votos: 376
Comentários: 208

Guaçatonga 500 mg

  • Fórmula Magistral elaborada com o ativo Casearia sylvestris.

  • Fabricante: A Beladonna
   Produtos disponíveis:
Quantidade:
R$ 30,00
em até 24x de R$ 1,58 no cartão ou R$ 27,00 à vista com 10% desconto
  • Indique este produto
  • Comentários
  • Outros
  • Visa
  • Mastercard
  • Diners Club
  • ELO
  • Aura
  • Boleto
  • Transferencia
  • PayUPayUem até 24x de R$ 1,58 no cartão
    ou R$ 30,00 à vista
  • 01x sem juros de R$ 30,00
    • 01x sem juros de R$ 30,00
      • 01x sem juros de R$ 30,00
        • 01x sem juros de R$ 30,00
          • 01x sem juros de R$ 30,00
            • Boleto BancárioItauR$ 27,00 à vista com 10% de desconto
            • ItauR$ 27,00 à vista com 10% de desconto
            • BradescoR$ 27,00 à vista com 10% de desconto
            • SantanderR$ 27,00 à vista com 10% de desconto
            Mais informações sobre este produto
              Descrição   |  Indicação   |  Composição   |  Posologia   |  Efeitos Colaterais   |  Interações Medicamentosas   |  Observações   |  Armazenamento   |  Prazo de Validade   |  Advertências   |  Referências Bibliográficas   |  Prazo para entrega

            Descrição
            O extrato bruto das folhas da guaçatonga (Casearia sylvestris), uma árvore de médio porte comum na América do Sul, apresentou um grande potencial para o tratamento de úlceras gástricas de ratos. Testes realizados no Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP mostrararam que, além de não alterar o pH do suco gástrico e não causar a contração da musculatura uterina, a substância agiu em todos os níveis de gravidade das ulcerações e reduziu a zero o nível de tais lesões.

            Segundo o professor Jayme Antônio Aboin Sertié, do Laboratório de Farmacologia e Toxicologia do Departamento de Farmacologia do ICB, a maioria dos medicamentos utilizados para tratar úlcera provoca a alteração do pH do suco gástrico, o que pode facilitar a entrada de bactérias oportunistas, como a Helicobacter pylori (H.pylori), além de também ativar a pepsina, enzima responsável por digerir proteínas.

            Outra vantagem da planta é a ação em todas as fases da doença, ou seja, ela age em úlceras leves, moderadas e graves. A guaçatonga também apresenta intensa atividade citoprotetora, que é um sistema autoprotetor que impede a autodigestão do estômago. "Alguns antiulcerosos citoprotetores agem apenas nas úlceras médias e profundas", afirma o professor. Essas drogas, segundo Sertié, provocam contração da musculatura uterina, como ocorre com o cytotec, medicamento proibido por ser usado como abortivo. "Este é mais um aspecto positivo apresentado pelo extrato da Casearia sylvestris: não provocou contrações da musculatura uterina nos animais testados", esclarece.

            Extrato ideal
            Segundo o pesquisador do ICB, Ricardo Woisky, foram necessários vários testes até se chegar ao extrato mais adequado. "Dependendo do solvente (se é álcool ou acetona) e da proporção usada, pode-se alterar a quantidade de princípios ativos extraída", explica. E esse extrato ideal veio por intermédio do professor Alberto José Cavalheiro, e dos pesquisadores Vanderlan da Silva Bolzani, André Gonzaga dos Santos e Aristeu Gomes Tininis, do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Araraquara.

            O grupo de Cavalheiro já trabalhava com a guaçatonga, mas como marcador químico, analisando a concentração de substâncias de acordo com variações climáticas e de solo. "Propusemos então uma parceria. Ao testarmos um dos extratos, verificamos uma eficácia de 100% na inibição da úlcera dos ratos", relata Woisky. Os titulares da patente são USP, Unesp e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

            De acordo com o professor Jayme Sertié, as folhas da Casearia sylvestris são usadas popularmente como cicatrizante. "Há alguns anos, os japoneses chegaram a patenteá-la por suas propriedades antitumorais", conta. Com a patente brasileira, os pesquisadores garantem o uso do extrato da planta para o tratamento de úlceras. O próximo passo são os testes toxicológicos pré-clínicos em animais e os ensaios clínicos em humanos. Isso pode levar de 3 a 5 anos dependendo dos recursos disponíveis.
            Indicação
            Gastrite, úlcera, cicatrizante, bactericida, anti-séptico, fungicida, aftas, herpes, picadas de insetos, mau hálito.
            Composição
            Cada cápsula contém:

            Guaçatonga 500 mg
            Excipiente qsp 1 cápsula
            Posologia
            Tomar 1 cápsula via oral, 2 vezes ao dia, ou conforme orientação do profissional habilitado.
            Efeitos Colaterais
            Não há registros de efeitos colaterais.
            Interações Medicamentosas
            Não há registros de interações medicamentosas.
            Observações
            Venda mediante prescrição do profissional habilitado.

            "Não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um especialista".
            Armazenamento
            Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC).
            Proteger da luz, do calor e da umidade.
            Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
            Prazo de Validade
            6 meses.
            Advertências
            1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
            2. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
            3. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
            4. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
            5. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
            6. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
            7. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
            8. Embora não existam contra-indicações relativas a faixas etárias, recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.
            9. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado.
            10. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
            11. Pacientes hipertensos, consulte seu médico para uma melhor avaliação.
            12. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO"
            Referências Bibliográficas
            1. Bernardino, Maira Jardim; Souza, Valéria Maria de. A Farmacologia do Suplemento: desvendando a prescrição de suplementos e fitoterápicos na prática de nutrição. ? São Paulo: Pharmabooks, 2010.
            Prazo para entrega
            De 2 a 10 dias úteis.
            Clientes que compraram esse produto também compraram...
            Opinião dos consumidores
            • 5 00% | Nenhum voto
            • 4 00% | Nenhum voto
            • 3 00% | Nenhum voto
            • 2 00% | Nenhum voto
            • 1 00% | Nenhum voto
            Avaliação geral:0 de 5 estrelas

            Este produto ainda não tem avaliações.
            Ver todos os comentários sobre esse produto
            Programa de Pontos
            Banner Segurança

            Avaliação de Lojas e-bit
                 
               
                 
            Copyright 2007-2017 ©
            iSET - Plataforma de loja virtual
            Plataforma de Loja Virtual